Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria reportagem

17/06/2010 - 08:00

Marte tinha oceano que cobria 36% do planeta

Compartilhe: Twitter

Dois novos estudos trazem mais evidências de que Marte, um dia, foi coberto por um grande oceano.

Integrando dados da NASA e da Agência Espacial Européia, obtidos pela sonda que orbita o planeta, cientistas concluíram que este oceano cobriu cerca de 36% do planeta e continha 30 milhões de metros cúbicos de água.

Isso teria formado uma camada de 550 metros de profundidade. O volume lá seria 10 vezes menor do que atualmente temos na Terra, embora Marte tenha pouco mais da metade do tamanho do nosso planeta.

Os resultados obtidos pelos pesquisadores da Universidade do Colorado em Boulder, Estados Unidos, indicam também que o planeta possuía um ciclo hidrológico similar ao da Terra, incluindo precipitações, formação de nuvens, gelo e acúmulo de água subterrânea.


Vista da região do polo norte marciano, região rica em gelo: novos dados confirmam existência de hidrosfera no passado

A ideia de um oceano no planeta vermelho vem sendo amplamente divulgada, e desafiada, ao longo das ultimas últimas duas décadas. No entanto, esta é a primeira vez que é feita uma análise tão ampla de características relacionadas à presença de água, como dados de depósitos e de vales de rios. Os pesquisadores usaram o sistema de informação geográfica (GIS) para mapear o terreno de Marte e encontraram mais de 52 deltas de rios que estavam quase na mesma elevação (e alimentam inúmeros vales). Com base nisso, a equipe liderada por Gaetano Di Achille, que publicou seus resultados na Nature Geoscience, acredita ter encontrado os limites do oceano. Exatos 29 desses 52 deltas estavam conectados ou com um antigo oceano em Marte ou ao subterrâneo e a diversos grandes lagos adjacentes.

Mas este não é o único estudo que reforça a idéia de um grande oceano na chamada era Noachian, há mais de três bilhões de anos. Uma segunda pesquisa da Universidade, liderada por Brian Hynek e publicada no Journal of Geophysical Research – Planets,Hoke , detectou cerca de 40 mil vales de rios em Marte. Este número é quatro vezes maior do que o identificado anteriormente, e esta quantidade de vales indica a existência de muita precipitação em Marte.

Juntos, esses resultados embasam a teoria de que havia uma um ciclo de água no planeta, que integrava vales, deltas e oceano. A principal pergunta que os pesquisadores tentam agora responder é: onde foi parar toda essa água?

Fonte: Info Abril

Autor: - Categoria(s): ciência, cosmologia, reportagem, universo Tags: , ,
24/05/2010 - 08:00

OVNIs filmados no México

Compartilhe: Twitter

Data: 01/01/2010
Local: Guadalajara, México

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, bola de fogo, bola de luz, filmagem, ORB, OVNI, reportagem Tags: ,
20/05/2010 - 08:00

Avistamento em massa na República Dominicana

Compartilhe: Twitter

OVNI triangular foi visto por centenas de pessoas

O enorme objeto voador pairou nos céus da cidade de “La Vega” por aproximadamente 10 minutos e foi visto por centenas de pessoas em 16 de abril de 2010.

Nota do blog: O vídeo está com baixa qualidade e foi filmado de uma tela de televisão.

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, filmagem, reportagem, triângulo voador Tags: ,
15/11/2009 - 08:00

Nasa anuncia descoberta de água em cratera da Lua

Compartilhe: Twitter

Impacto de foguete contra cratera no polo sul da Lua produz nuvem de material contendo água

Dados preliminares da sonda Lcross indicam que a missão descobriu água durante os impactos de 9 de outubro com uma região em sombra perpétua no fundo da cratera Cabeus, perto do polo sul lunar.

O impacto criado pelo estágio superior do foguete Centauro produziu uma pluma de material dividida em duas partes, ejetado das profundezas da cratera. A primeira parte era composta de vapor e poeira fina e segunda, de material mais denso. Esse material não era exposto à luz do Sol há bilhões de anos.

Cientistas especulavam há anos sobre a explicação para as quantidades de hidrogênio detectadas nos polos lunares por missões anteriores. A descoberta de água pela Lcross ajuda a responder à pergunta. A água na Lua pode estar mais disseminada e existir em quantidade maior que a esperada, diz nota da Nasa.

Além disso, regiões lunares em sombra perpétua podem ter a chave da história e da evolução do Sistema Solar. E a água e outros compostos descobertos poderão ser recursos para astronautas em futuras missões.

Desde os impactos, a equipe cientistas da missão Lcross trabalha para analisar os dados que a nave recolheu. A equipe concentrou-se nos espectrômetros, que trazem as informações mais precisas sobre a presença de água.


Ampliação da imagem da pluma de material impelida pelo impacto na Lua. Divulgação/Nasa

“Estamos extasiados”, disse Anthony Colaprete, principal cientista da missão. “Diversas linhas de evidência mostram que a água estava presente tanto na pluma mais leve e na cortina de dejetos criada pelo impacto do Centauro. A concentração e distribuição da água e outras substâncias requerem mais análise, mas é seguro dizer que Cabeus contém água”.

Fonte: Estadão

Autor: - Categoria(s): ciência, reportagem, sonda, universo Tags: , ,
17/09/2009 - 14:24

Um "E.T." morto no Panamá?

Compartilhe: Twitter

‘ET’ foi morto por adolescentes entre 14 e 16 anos em Cerro Azul. Pesquisadores investigam criatura, não catalogada como animal.

Uma estranha criatura intriga a população de uma cidade do Panamá. Morto por quatro adolescentes em um lago de Cerro Azul, o ser não identificado é apontado como extraterrestre, mas pode ser apenas um animal ainda não catalogado pelos biólogos ou com problemas de formação.

Segundo jornais panamenhos, quatro adolescentes entre 14 e 16 anos estavam em torno do lago, no sábado (12), quando viram uma criatura bizarra saindo de uma gruta. Assustados com sua aparência e com medo de serem atacados, os jovens atiraram pedras até matá-la e a jogaram na água.


Pesquisador diz que características da criatura são “muito peculiares”. (Foto: Reprodução/Telemetro.com)

A notícia logo se espalhou pela cidade. Retirada do lago, a criatura foi apontada como um ET por moradores da região e pela imprensa local. Outros a descreveram como o personagem “Gollum”, da trilogia “O senhor dos anéis”. 

Ouvido pela rede de jornalismo Telemetro, o especialista em vida silvestre do órgão nacional de meio ambiente Melquiades Ramos disse que o caso está sendo investigado e que as características da criatura são “muito peculiares”.

Nesta terça-feira (15), foi encontrado no local um animal sem cabeça, que seria um bicho-preguiça. Ainda não se sabe se há alguma relação com o caso do ser encontrado no fim de semana.

Nota do blog: Ao que tudo indica a pobre criatura parece ser mesmo apenas um bicho-preguiça em estado de decomposição, como se pode perceber ao observar o detalhe de suas garras. Caso bem parecido com o do “monstro” na praia de Montauk, Nova Iorque em 2008.

Fontes:  Telemetro.com
The Telegraph.co.uk
G1 Planeta Bizarro

Autor: - Categoria(s): criptozoologia, foto, reportagem Tags: ,
09/09/2009 - 16:00

OVNI filmado por 40 minutos por cientistas Chineses

Compartilhe: Twitter

OVNI foi filmado durante eclipse solar em 22 de Julho (atualizado – 17/09)

Será que finalmente esta é a prova de que não estamos sozinhos?

Cientistas do Observatório Purple Mountain em Nanjing, China, acreditam que há uma real possibilidade que esta filmagem de um OVNI seja a evidência que todos estavam esperando.

Eles confirmaram que os 40 minutos de vídeo do objeto foram capturados durante o eclipse solar do verão, e já começaram suas pesquisas e investigações para descobrir o que é o objeto.

Os cientistas não foram os únicos a capturarem em vídeo o objeto em forma de disco.

O claro avistamento diurno ocorreu sobre Deqing na província de Guangdong. Dúzias de estudantes disseram ter visto o objeto navegando pelo ar durante uma observação do eclipse solar em 22 de Julho. Pelo menos 9 estudantes também o fotografaram.

O OVNI também variou sua forma e cor, os estudantes disseram que inicialmente o objeto apresentava um brilho azul mas que depois escureceu.

A agência de notícias chinesa “Sina.com” reportou as declarações dadas pelo Observatório Purple Mountain e pela Academia de Ciências Chinesa:

“A China descobriu perto ao Sol, pelo pessoal de observação, um objeto não-identificado. Sua natureza física ainda deverá ser estudada. Uma força de trabalho está sendo organizada para estudar estes dados, completar a análise e revelar os resultados científicos. Isto deverá demorar pelo menos um ano para ser finalizado. O colega Ji Hai-sheng da Academia de Ciências Chinesa disse que no presente é impossível especular sobre o que é o objeto não-identificado. Entretanto a pesquisa já começou.”

A comunidade ufológica mundial já está esperando ansiosa pelos resultados que virão.

Mais informações sobre o avistamento na China no “B.O. #XXX”

Fonte: Daily Mail

Atualização – 17/09/2009:

O site “Ceticismo Aberto” publicou uma matéria (traduzida da original do China Daily) onde aponta que o objeto visto pelos cientistas NÃO É O MESMO OVNI visto e fotografado pelos estudantes durante o eclipse solar de 22 de Julho.

“O cientista que supostamente viu o OVNI diz: ‘essas notícias são falsas. Eu disse ‘um objeto não identificado’, não ‘um objeto voador não identificado’. Ji Haisheng, diretor do Observatório de Purple Mountain pronuncia cada palavra cuidadosamente para esclarecer que não deu nenhuma declaração a respeito de ter visto um OVNI durante o eclipse solar de 22 de julho observado na China. … Ji diz que não sabe como sua explicação sobre um ponto brilhante próximo do Sol, muito provavelmente resultado de atividade da corona solar durante o eclipse total, foi mal-entendida. ‘Obviamente, houve enganos’, Ji disse ao China Daily”.

O ponto azulado avistado pelos cientistas provavelmente se trata de ejeção de massa coronal do Sol

Clique aqui para ler a matéria do Ceticismo Aberto

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, ciência, Disco Voador, filmagem, foto, OVNI, reportagem Tags: ,
27/08/2009 - 18:13

Avistamentos em massa na China

Compartilhe: Twitter

Por volta das 22:00hs em 23 de Agosto, um OVNI apareceu no céu sobre Beibei Binjiang em Chongqing. O OVNI tinha o formato de “V” e suas cores mudavam em sequência de vermelho, azul, verde, amarelo e branco em curtos intervalos. Centenas de pessoas assistiram ao espetáculo, mas nenhuma ouviu nenhum som produzido por motores ou equipamento de propulsão.

Durante a meia-hora em que o OVNI apareceu, uma aeronave civil passou por ele. Testemunhas compararam as altitudes do avião e do OVNI e constataram que o OVNI sobrevoava em maior altitude.

Após sobrevoar por meia-hora, as bordas do OVNI começaram a cintilar e ele desapareceu no céu noturno.

Fonte: Red Net

Várias pessoas disseram ter visto objetos voadores não identificados (OVNIs) nos céus da província de Shandong, no leste da China, informou nesta terça o jornal China Daily.

Os objetos, luminosos e com a forma de um prato, foram vistos nas localidades de Binzhou e Shouguang, situadas a aproximadamente cem quilômetros uma da outra.

Esta foi uma das poucas vezes em que a imprensa oficial publicou notícias e fotos sobre supostos OVNIs, embora, em maio, o Diário do Povo, porta-voz do Partido Comunista da China (PCCh), também tenha relatado um fato similar.

Pesquisas publicadas em 2003 pela não governamental Sociedade de Ufologia da China revelaram que um em cada cinco casos de contato visual com OVNIs no mundo acontece em território chinês, onde metade da população acredita na existência de discos voadores.

Fonte: Terra Notícias

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, foto, OVNI, reportagem Tags: ,
12/05/2009 - 18:54

Um demônio capturado no México?

Compartilhe: Twitter

Por volta de 11 de Maio de 2007, um rico fazendeiro mexicano chamado Marao Lopez encontrou uma criatura muito estranha, com menos de 30 cm de altura, presa em uma armadilha de ferro para ratos. A propriedade fica em Metepec, subúrbio de Toluca. Não há natureza selvagem nas proximidades tornando o achado ainda mais estranho.

A criatura estava viva, assustada e gritando. Um grupo pequeno de homens levaram-na para o rancho. Eles maravilharam-se com ela e tiraram várias fotos. Após cerca de 3 dias eles decidiram matar a criatura e preservá-la. Submergiram-na em água por alguns minutos, mas a criatura não morreu, tentaram de novo por vários minutos, mas ela ainda estava viva, então a deixaram submersa por várias horas e ela finalmente morreu. Sua habilidade em resistir ao afogamento levantou suspeitas de que fosse anfíbia.

Rumores sobre a criatura chegaram até Jaime Maussan, que conhece desde a infância uma das testemunhas que havia observado a criatura viva. Esta testemunha jura que enquanto viva a criatura era exatamente como aparece na foto, angustiada e sem pêlos.

Jaime considera Marao Lopez um homem honrado e é rico. Como não há dinheiro envolvido no assunto Jaime não acredita que seja uma fraude.  Jaime solicitou acesso ao corpo, agora mumificado, para testes em várias universidades.

Nesse meio-tempo Marao Lopez morreu misteriosamente. Ele foi achado carbonizado dentro de um carro queimado. A temperatura do fogo supostamente foi bem mais elevada do que a de um incêndio normal em acidente de carro. Jaime diz que “ele foi assassinado”, mas não sabe se a morte está relacionada ou não à criatura.

Enquanto Jaime acertava os testes, a viúva de Lopez manteve o corpo em sua possessão até o fim de 2008. Então ela o cedeu a Jaime para exames aprofundados. Jaime diz que “isso é muito sério”, e têm sido bastante paciente e cuidadoso em revelar informações sobre a criatura, construíndo uma sólida base de dados científicos antes de apresentar a criatura ao mundo.

Ele disse que o primeiro grupo de cientistas a ver a criatura consistiu de um antropologista, um patologista, um perito forense e um odontologista. “Foi feita análise de DNA e não houve similaridade com dados arquivados de nenhuma criatura. Neste tempo, dois peritos especularam que poderia ser um “macaco escalpelado”. Entretanto eles reconheceram que as características básicas não são a de um macaco. O número de dentes, tipo de dentes, número de ossos na espinha não combinam com um primata. Os dentes também não tem raiz (como répteis e alguns peixes), e a parte do tornozelo parece muito com a humana.

Por volta de Abril de 2009, Jaime levou o espécime para o Dr. Jesus Higuera, chefe do Departamento de Imagem do Instituto de Nutrição Mexicano. Lá o corpo passou por uma tomografia 3D computadorizada para um completo exame interno. Jaime disse que o Dr. Higuera ficou “absolutamente impressionado”. Comparado ao crânio a parte posterior da criatura era maior e mais sofisticada do que qualquer criatura conhecida. O cientista conclui que não se trata de um primata e que não há explicação para o espécime que provavelmente é uma espécie nova.

Agora a criatura foi enviada à Espanha, para ser submetida a melhor análise de DNA no mundo por um dos peritos mundiais no campo, o Dr. Jose Antonio Lorente da Universidade de Granada. Assim que os resultados ficarem prontos e os fatos compilados haverá uma conferência mundial de imprensa na Espanha no México ou em ambos para revelação de todas as descobertas para o total escrútinio da comunidade científica.

Embora seja conservador em suas palavras, Jaime nota que a área em que a criatura foi descoberta é muito interessante. Há inúmeros relatos, vídeos e fotos de aparições de OVNIs, aliens e crop-circles pela vizinhança. Em 1994, um homem obteve uma filmagem de uma “criatura brilhante” em um campo de milho durante a noite. Poderia ser um portal? Jaime diz que definitivamente ali é um “hot-spot” e um lugar muito misterioso.

Assista também ao vídeo da reportagem feita sobre a criatura:

 

 Fonte: L.E.M.U.R – Paranormal Investigations

Autor: - Categoria(s): criptozoologia, foto, reportagem Tags: , , ,
14/03/2007 - 01:28

Incrível relato de um Contato Imediato de 3° Grau ocorrido na Polônia

Compartilhe: Twitter

Traduzi uma matéria produzida pela ufóloga Nancy Talbott e publicada no site BLT Research. Trata-se de um incrível Contato Imediato de 3° Grau ocorrido em Agosto de 2003, em Szczecinek, Polônia, com evidência direta de um OVNI deixando marcas em uma plantação, o famoso “crop-circle”.

Por Nancy Talbott

Relatório de Campo: Marcas de aterrissagem de OVNI = crop-circle

Em 26 de Abril de 2004 o site Rense.com postou uma ocorrência intrigante vinda de Brian Vike (HBCC UFO Research) sobre um “encontro imediato de 3° grau” ocorrida 8 meses antes, em uma área rural do Norte da Polônia. (Fonte de Vike: Tomek Wierszalowicz).

Meu grande interesse foi o fato de que a testemunha havia descoberto áreas achatadas de plantação no campo após o OVNI partir. Vários círculos formando uma configuração nas fotografias obtidas eram idênticas aos chamados “crop-circles”(círculos de plantação). Seria esta a primeira evidência clara de que são os OVNIs os causadores diretos de ao menos alguns dos “crop-circles”?

Em Outubro de 2006 eu me encontrei com a testemunha ocular em uma conferência em Warsaw onde nós conversamos e depois gastamos um dia inteiro em uma viagem à Zdany(onde membros do Grupo Nautilus e eu estávamos investigando outro incidente de OVNI). Os tradutores presentes na Conferência Nautilus eram excelentes, e o subseqüente questionamento intensivo feito por mim para o Sr.Chacinski e seu amigo Zbyszek Kalisiak (traduções aprofundadas neste texto feitas por Less Hodun) revelaram algumas correções em relação ao texto original, assim como muitos detalhes adicionais.
Estou convencida da honestidade total do Sr. Chacinski e sua habilidade para recontar precisamente os detalhes deste incidente, e também percebi que os “crop-circles” – que eu sempre achei que não fossem relacionados aos OVNIs – algumas vezes são.
Em seguida está uma compilação do texto original, já com os novos detalhes fotos e ilustrações

Lech Chacinski é um motorista de caminhão que vive em Wierzchowo, Polônia com sua mulher e crianças. Na manhã de 11 de Agosto de 2003, ele saiu para trabalhar às 4:20 da manhã, mas ao chegar à uma ponte perto de Szczecinek ele observou 3 figuras (em formação triangular, um à frente dois atrás) na frente dele na estrada – a figura na frente com sua mão levantada como em um cumprimento. Ao frear seu carro, o trio andou até ele, e ele achou que fossem homens vestidos em trajes similares ao de astronautas. Entretanto, ao chegarem perto da janela do motorista ele percebeu que havia algo “extraordinariamente perturbante” neles.

Sentindo-se quase congelado à aproximação do primeiro humanóide(Lech o chamou de “líder”) do triângulo em sua janela, Lech pôde ver um capacete escuro com um visor feito de algum material transparente, através do qual ele viu 2 grandes (3cm de diâmetro) olhos redondos e negros mas não viu outros detalhes faciais. Ao perceber plenamente o que estava acontecendo, Chacinski quis fugir dirigindo imediatamente, mas um cegante “facho de luz” disparou de uma câmara retangular acima do capacete do “líder” e Chacinski perdeu a consciência.

Quando ele a recobrou alguns momentos após ele se sentiu “calmo” e sabia que o “líder” estava falando com ele telepaticamente e que ele não devia se assustar. Ele ouviu a questão: “Você nos ouviu?” e mentalmente respondeu “sim”, após isso lhe foi dito que descesse do veículo, o que ele fez relutantemente.

Lech, descreveu as entidades como sendo do tamanho de humanos altos (aprox. 190 cm), com forma humana básica (2 braços, 2 pernas, torso e cabeça), usavam um macacão bem justo de um material grosso, cinzento e elástico. Ele diz que estes macacões pareciam ser “inflados de dentro para fora” e eram “integrados com seus sapatos e luvas”. Em seus capacetes havia um tipo de banda em volta da testa que tinha uma fonte de luz no centro e no topo havia algo que Chacinski descreveu como um aparelho de comunicação. Ele não viu nenhuma insígnia nas roupas, mas em seus peitos havia um painel retangular e quadriculado com 7 linhas de luzes coloridas diferentes. Ele não se lembra a combinação das cores, mas diz que as luzem caíam em seqüencia, uma por uma, como uma fonte. Eles também tinham mochilas nas costas que pareciam com as usadas por astronautas.

Durante os aproximadamente 15 minutos do encontro, Lech, telepaticamente percebeu muitas questões colocadas a ele pelos seres. “De que material seu veículo é feito?” “Como isso funciona?” “Que tipo de combustível usa?”. O Sr. Chacinski fez o seu melhor para responder e notou que eles expressavam surpresa quando ouviam como o veículo operava. Eles também mostraram interesse em sua roupa em particular no cinto e sapatos. [Este detalhe é de grande interesse, seres encontrados em outro caso de contato na Polônia(a ser apresentado separadamente) também mostraram grande interesse nos cintos e sapatos da testemunha]

O “líder”(que foi o único a se comunicar) disse então que eles tinham vindo deixar uma mensagem ao habitantes da Terra e Lech sentiu que estava sendo encarregado de espalhar ao máximo esta mensagem.

Em essência a mensagem era de que devemos tomar conta de nós e de nosso planeta e que se continuássemos a desrespeitar as leis da Natureza, o resultado seria catastrófico. Porquê este encontro, e essa mensagem -aparentemente sobre o ambiente- foi entregue à Lech, ele não faz nenhuma idéia. O Sr. Chacinski, conseguiu aparentemente perguntar apenas uma coisa destes seres: “De onde vocês são?” à qual eles responderam “Oitava Galáxia”. Eles também lhe disseram que retornariam, embora não tenham dado detalhes de quando, onde e por qual propósito.

Realmente impressionado pelo presente encontro, Chacinski então assistiu aos seres levitarem cerca de 3 metros no ar e flutuarem através do campo adjacente a estrada para um “sólido disco de metal” afastado cerca de 300 mts(o qual ele não havia percebido até então). Lech calcula que o corpo do OVNI tinha aproximadamente 50 metros de largura por 20 mts de altura(as “pernas” sendo embaixo do corpo da nave).

Haviam 3 linhas de janelas coloridas individuais na metade superior do OVNI e 3 armações de 5 mts de comprimento, como vigas-mestra, que eram os pés da nave, cada uma delas terminava em 2 apoios redondos que aparentemente nivelavam o OVNI no terreno irregular no topo do monte. [Lech não está absolutamente certo de que os pés tocavam o solo]
No topo do OVNI havia uma câmara opaca e duas “antenas”. Os seres aterrissaram perto da nave e andaram até um ponto onde um “facho muito forte de uma luz branca-azulada” disparou de uma abertura redonda que abriu embaixo da nave. Este “facho de luz” levou os três seres para dentro do OVNI, após isso acontecer a porta se fechou e uma nuvem colorida envelopou a nave.

O disco então flutuou sobre o solo cerca de 50 mts, parou brevemente, (a fumaça então se dissipou) e então foi embora num ângulo de 70° Graus em direção à Sudeste, fazendo um barulho sibilante como “ssssssss”.

Após a partida do disco uma marca de múltiplos círculos pôde ser vista no campo, nos quais as plantas estavam enroladas e achatadas, com círculos menores exatamente nas áreas aonde o Sr. Chacinski viu os pés da nave.

Ao  voltar para o carro após o disco ter partido um conhecido de Chacinski parou próximo a ele, perguntando se ele precisava de ajuda. Dizendo que não, que estava bem, Lech então percebeu que ele não havia visto outros carros passando durante o incidente todo e se perguntou se de alguma forma os humanóides teriam causado isso.

Ele foi trabalhar e a príncipio não disse nada aos colegas sobre o incidente. Ele, no entanto, ligou para a polícia anonimamente para reportar o “crop-circle” e então foi para casa por um tempo e contou à sua mulher sobre a experiência. Eles discutiram sobre o que fazer, em particular sobre a “mensagem” que ele havia recebido. Lech diz que não queria falar nada sobre o encontro matutino.

Mas, naquela tarde, de volta ao trabalho, ele decidiu notificar a polícia novamente, desta vez identificando-se e descrevendo o evento inteiro. Ele também contou aos seus colegas e outros, sofrendo as subseqüentes ridicularizações e “tempos muito ruins”, com muitas pessoas rindo dele e fazendo graça de seu relato.

Lech retornou ao “crop-circle” no dia seguinte com seus dois filhos, sua filha e o marido dela e andou no grande círculo interno. Após alguns minutos dentro do círculo ele novamente experenciou um momento “tão ruim quanto quando foi cegado pelo facho de luz do “líder”, mas desta vez ele não perdeu a consciência. 

Durante 3 ou 4 meses seguintes ao encontro ele diz que sentiu extraordinariamente “tranqüilo” e desinteressado em brigas ou levantar sua voz, uma mudança também notada por sua mulher e amigos.

Baseado em duas novas fotos obtidas, abaixo (assumindo que a altura do homem no centro do círculo seja de cerca de 2 mts de pé), eu medi o círculo do meio como tendo 22 metros de diâmetro. Se a estimativa do Sr. Chacinski estiver correta, o “crop-circle” inteiro estava sob o OVNI.

Até onde sabemos esse é primeiro relato detalhado de um OVNI “sólido” e de seres “humanóides” diretamente associados à criação de um “crop-circle”. Outros testemunhos contam de fenômenos aéreos iluminados criando “crop-circles”.

Para mim, tendo agora encontrado e gasto um tempo considerável com Lech e alguns de seus amigos, este relato resolve qualquer dúvida que houve um OVNI envolvido na criação deste “crop-circle”. E também me parece que os OVNIs -o que quer que sejam- tem associação mais direta do que eu pensava com os “crop-circles”.

Isto significa que todos os “crop-circles” são causados por OVNIs? A maioria dos pesquisadores de “crop-circles” que eu conheço não acham isso. E se, isso indica então que há muitos agente causadores, bem, começa a parecer que qualquer compreensão profunda deste bizarro fenômeno pode ser mais elusiva do que primeiramente era suspeito.

P.s. – Na transcrição final de Less Hodun sobre o encontro de Chacinski, ele incluiu uma questão que havia perguntado um ano ou mais antes e a resposta de Lech. Eles estavam sentados em um café após um simpósio em Police, Polônia. O sr. Hudon perguntou se Lech já havia experienciado alguma situação não-usual anteriormente.
A resposta de Chacinski foi direta. Cerca de duas semanas antes do encontro em Szczecinek, alguma coisa estranha havia acontecido em sua casa. Era por volta da meia-noite e Lech e sua mulher assistiam TV. Sua atenção foi atraída por um tipo de ponto de luz, de cerca de 3cm de diâmetro, movendo-se horizontalmente da esquerda para direita correndo junto ao topo da parede, próximo ao teto. Lech não disse nada, mas ao continuar a olhar o ponto de luz ele se sentiu magnetizado. De repente o ponto de luz desceu à altura de sua cabeça e vôou direto de encontro a ele, indo diretamente ao seu olho esquerdo. Ele correu ao banheiro, lavou os olhos vigorosamente com água fria e voltou à sala. Ele perguntou à esposa se ela havia visto algo estranho, mas ela disse que não.

Fonte: BLT Research

Autor: - Categoria(s): avistamento, contato imediato, Disco Voador, reportagem, universo, vida extraterrestre inteligente Tags: , ,
Voltar ao topo