Publicidade

Publicidade

03/05/2007 - 14:30

Chupacabras volta a atacar no Chile

Compartilhe: Twitter

Instituto de Investigación y Estudios Exobiológicos
DATA: 25.04.07

Raul Nuñez, diretor do IIEE Chileno e contribuidor regular do Inexplicata, recentemente nos tornou cientes dos esforços de Ivan Voreved, outro pesquisador afiliado ao IIEE. O Sr. Voreved investigou uma série de novas mortes de animais na Sexta Região do Chile nas quais o Chupacabras, ou IEA (Intruso Esporádico Agressivo) parece ser o culpado.

Voreved nota que os ataques não geram mais o furor na mídia que geraram seis anos atrás, quando o Chile teve suas primeiras experiências com o predador paranormal. O resultado foi uma maior boa-vontade da parte das testemunhas em falar com pesquisadores sérios, sabendo que não seriam alvo de chacota ou ridicularizados pelos repórteres das grandes cidades. (Triste sina na vida de quem “ousa” relatar fenômenos misteriosos – NOTA MINHA)

“Estes detalhes”, ele diz, “podem render resultados positivos em explicar o fenômeno, o qual atingiu proporções sociológicas em muitas partes do mundo”.
Em 6, 7 e 8 de Abril, diz Voroved, uma série de estranhos eventos envolvendo a presença de uma estranha criatura aconteceu em Pan de Azúcar, uma cidade da Sexta Região do Chile. As testemunhas conhecidas por suas iniciais J.C. e A.R. – relatam que às 8 da manhã de 7 de Abril, A.R. descobriu 29 galinhas mortas no galinheiro da propriedade. O perplexo empregado nota que as aves pareciam ter sido “esmagadas” por alguma coisa, e uma delas mostrava um buraco na parte posterior que alcançava suas entranhas. As galinhas pareciam completamente sem sangue e dispostas em uma certa ordem. (os leitores do Inexplicata devem se lembrar do alinhamento meticuloso das carcaças em Dorado, Porto Rico, durante a onda de mutilações em 1995). Nem os proprietários nem os vizinhos puderam achar uma explicação para este evento.

A história não termina aqui. Voroved acrescenta que outro evento não-usual ocorreu em uma estrada de terra não muito longe dos ataques. Algumas testemunhas relataram ter visto “algo como uma sacola preta de lixo” caindo de um telhado de uma casa. Ao se aproximarem para observar melhor viram algo como uma “mancha negra” que se moveu, pulou e decolou frente às incrédulas testemunhas.
Segundo as testemunhas a entidade bizarra tinha aproximadamente um metro e meio e a rapidez de seu vôo foi impressionante.
J.C. diz ser um cético quanto ao Chupacabras, mas diz que não encontrou nenhuma explicação razoável para os eventos ocorridos em sua propriedade. As testemunhas que viram a criatura negra caindo do telhado antes de decolar, ainda permanecem profundamente abaladas pela experiência; outros residentes locais colocaram-os a par de acontecimentos similares ocorridos nas vizinhaças que foram atribuídos aos Chupacabras, já que a comunidade já tinha sido alvos de ataques no começo da década.

Fonte: INEXPLICATA

Autor: - Categoria(s): avistamento, criptozoologia Tags: ,
Voltar ao topo