Publicidade

Publicidade

11/04/2010 - 08:00

OVNI "Diamante Illuminati" – "O olho que tudo vê"

Compartilhe: Twitter

Autor: - Categoria(s): avistamento, filmagem, OVNI Tags:
06/01/2010 - 00:00

Nasa descobre planetas gigantes fora do Sistema Solar

Compartilhe: Twitter

Cinco exoplanetas foram detectados pelo telescópio Kepler, enviado ao espaço em 6 de março de 2009.

O telescópio Kepler, da Nasa, detectou pela primeira vez desde que entrou em operação cinco planetas fora do Sistema Solar. O tamanho dos planetas varia de um raio quatro vezes maior do que o da Terra até planetas muito maiores do que Júpiter, o maior do Sistema Solar.

O telescópio, que foi lançado no ano passado para procurar planetas com características semelhantes às da Terra, fez as descobertas poucas semanas depois de entrar em funcionamento.

Os novos planetas receberam os nomes Kepler 4b, 5b, 6b, 7b e 8b e foram anunciados em um encontro da Sociedade Astronômica Americana (AAS, na sigla em inglês), em Washington, a capital dos Estados Unidos.

Todos os planetas circulam muito proximamente às suas estrelas principais – seu sol – seguindo órbitas que variam ente 3.2 até 4.9 dias.

A proximidade e o fato de suas estrelas principais serem muito mais quentes do que o Sol significa que os novos planetas têm temperaturas extremamente elevadas, estimadas entre 1.200°C e 1.650°C.


Concepção artística mostra planeta similar a Júpiter orbitando muito perto de sua estrela (Imagem: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)

Densidade de um dos planetas é equivalente à do isopor

“Os planetas encontrados são todos mais quentes do que lava derretida; eles brilham de tão quentes”, disse Bill Borucki, o cientista da Nasa que lidera a missão do Kepler no centro de pesquisas Ames, em Moffett Field, Califórnia.

“De fato, os dois maiores são mais quentes do que ferro fundido e olhar para eles é como olhar para uma fornalha. Eles são muito brilhantes por si só e, certamente, não são lugares para procurarmos vida.”

O Kepler 7b vai intrigar muitos cientistas. Este é um dos planetas de mais baixa densidade já encontrado fora do Sistema Solar (cerca de 0,17 gramas por centímetro cúbico) já descoberto.

Segundo Borucki, a densidade média deste planeta é equivalente a do isopor, e os cientistas devem “se deliciar” em estudá-la para tentar entender sua estrutura.

O Kepler foi lançado da estação espacial de Cabo Canaveral em 6 de março do ano passado. Ele está equipado com a maior câmera já lançada ao espaço.

A missão do telescópio é observar mais de 100 mil estrelas de forma contínua e simultânea. Ele percebe a presença de planetas ao observar variações de sombra quando um desses corpos celestes passa em frente ao seu sol.

Mundos de água

Os detectores do Kepler têm sensibilidade extraordinária – segundo a Nasa, se o telescópio fosse voltado para uma pequena cidade na Terra, à noite, seria capaz de detectar a luz automática na entrada de uma casa quando alguém passa por ela.

A Nasa espera que tamanha sensibilidade leve à descoberta de planetas não apenas de tamanho semelhante ao da Terra, mas que orbitem em torno de seus sóis a uma distância mais favorável à existência de vida, onde haja também potencial existência de água em sua superfície.

Os cientistas da missão disseram no encontro da AAS que o Kepler mediu a existência de centenas de possíveis planetas, mas são necessárias mais investigações para estabelecer sua real natureza.

Os cientistas advertiram ainda que podem se passar anos até que seja confirmada a existência de planetas semelhantes à Terra, mas enquanto isso, as descobertas do Kepler vão ajudá-los a melhorar suas estatísticas sobre as distribuições dos tamanhos dos planetas e períodos de órbita.

A existência dos planetas identificados primariamente pelo Kepler foi confirmada por telescópios baseados na Terra, entre eles o Keck I, no Havaí.

Fonte: G1

Autor: - Categoria(s): ciência, cosmologia, universo Tags: ,
15/11/2009 - 08:00

Nasa anuncia descoberta de água em cratera da Lua

Compartilhe: Twitter

Impacto de foguete contra cratera no polo sul da Lua produz nuvem de material contendo água

Dados preliminares da sonda Lcross indicam que a missão descobriu água durante os impactos de 9 de outubro com uma região em sombra perpétua no fundo da cratera Cabeus, perto do polo sul lunar.

O impacto criado pelo estágio superior do foguete Centauro produziu uma pluma de material dividida em duas partes, ejetado das profundezas da cratera. A primeira parte era composta de vapor e poeira fina e segunda, de material mais denso. Esse material não era exposto à luz do Sol há bilhões de anos.

Cientistas especulavam há anos sobre a explicação para as quantidades de hidrogênio detectadas nos polos lunares por missões anteriores. A descoberta de água pela Lcross ajuda a responder à pergunta. A água na Lua pode estar mais disseminada e existir em quantidade maior que a esperada, diz nota da Nasa.

Além disso, regiões lunares em sombra perpétua podem ter a chave da história e da evolução do Sistema Solar. E a água e outros compostos descobertos poderão ser recursos para astronautas em futuras missões.

Desde os impactos, a equipe cientistas da missão Lcross trabalha para analisar os dados que a nave recolheu. A equipe concentrou-se nos espectrômetros, que trazem as informações mais precisas sobre a presença de água.


Ampliação da imagem da pluma de material impelida pelo impacto na Lua. Divulgação/Nasa

“Estamos extasiados”, disse Anthony Colaprete, principal cientista da missão. “Diversas linhas de evidência mostram que a água estava presente tanto na pluma mais leve e na cortina de dejetos criada pelo impacto do Centauro. A concentração e distribuição da água e outras substâncias requerem mais análise, mas é seguro dizer que Cabeus contém água”.

Fonte: Estadão

Autor: - Categoria(s): ciência, reportagem, sonda, universo Tags: , ,
13/11/2009 - 13:09

Leitor envia relato de OVNI sobre SP na noite do apagão

Compartilhe: Twitter

Segue relato da testemunha:

“Na madrugada do dia 11 de novembro de 2009, durante o apagão que atingiu grande parte do país, eu estava deitado na minha cama navegando e checando meus e-mails através do meu celular. A persiana do meu quarto estava excepcionalmente aberta, geralmente a mantenho fechada porque a claridade que vem de fora atrapalha, mas tudo estava escuro lá fora. Enquanto mexia no celular notei uma luz surgindo acima do outro bloco do edifício em que moro, e naturalmente olhei para ela. Pela quantidade de luzes parecia ser um avião, mas achei estranho e olhei a hora no celular que marcava 0h45, o que me deixou surpreso, pois as 23 horas não há mais tráfego aéreo. Levantei e fui até a janela considerando então a hipótese de que talvez fosse um helicóptero, muitos sobrevoaram a região nesta noite, provavelmente fazendo cobertura televisiva sobre o blackout. Para minha surpresa não era helicóptero, e também não era nenhum avião. Por alguns segundos, enquanto ainda estava perto, pude ver claramente que se tratava de um objeto escuro, negro, de forma retangular, com 4 luzes brancas de brilho constante em cada ponta e 2 luzes vermelhas que piscavam de maneira diferente uma da outra na parte de baixo. Tentei filmar o objeto com o celular, mas não consegui captar nada. Não faço idéia de que altura estava, mas estava bastante baixo. Não havia som algum e me pareceu ser menor e mais rápido que um avião comercial. A medida que foi se afastando não consegui mais ver a parte sólida e escura do objeto, somente suas luzes vermelhas que piscavam e as brancas estáticas. O objeto surgiu a leste dirigia-se rumo a oeste e o observei até que ele desapareceu no horizonte. Tudo isso durou cerca de 1 minuto e meio. ”


Ilustração do OVNI feita pela testemunha

Meus agradecimentos ao leitor Fabio por enviar a ilustração e seu interessante relato ao blog.

Autor: - Categoria(s): avistamento Tags: , ,
21/10/2009 - 12:45

Nasa acha molécula orgânica em planeta fora do Sistema Solar

Compartilhe: Twitter

da Folha Online

Pesquisadores da Nasa anunciaram a descoberta de química básica para a vida em um segundo planeta quente e gasoso, muito distante do nosso Sistema Solar. Feito na terça-feira (20), o anúncio da pesquisa também informa que isso permite aos astrônomos avançar quanto à identificar planetas onde a vida possa existir.

O planeta, que leva o nome de HD 209458b, não é habitável, mas possui a mesma química que, se encontrada em um planeta rochoso no futuro, pode indicar a presença de vida.


Química básica para a vida foi encontrada no exoplaneta HD 209458b (na foto, em concepção artística)

“É o segundo planeta fora do nosso sistema solar em que água, metano e dióxido de carbono foram encontrados –elementos potencialmente importantes para processos biológicos em planetas habitáveis”, disse o pesquisador Mark Swain, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. “A descoberta de componentes orgânicos nos dois exoplanetas já traz a possibilidade de que será corriqueiro encontrar planetas com moléculas que podem ser vinculadas à vida.”

Os pesquisadores usaram dados de dois observatórios em órbita: os telescópios espaciais Hubble e Spitzer, para estudar o HD 209458b –que, além de quente e gasoso, é gigante (maior do que Júpiter) e orbita em uma estrela semelhante ao Sol por volta de 150 anos-luz de distância da constelação de Pegasus.

A descoberta segue a uma outra, ocorrida em dezembro de 2008, que mostrou a presença de dióxido de carbono (CO2) em outro planeta do tamanho de Júpiter, o HD 189733b. Observações anteriores do Hubble e do Spitzer também tinham revelado que o planeta contém água em vapor e metano.

Para rastrear as moléculas orgânicas, a Nasa usou espectroscópios, instrumentos que dividem a luz em componentes para mostrar a “assinatura” de diferentes elementos químicos. Dados da câmera infravermelha do Hubble e do espectrômetro de multiobjetos mostraram a presença de moléculas, e dados do fotômetro e do espectrômetro infravermelho do Spitzer mediram as respectivas quantidades.

“Isso demonstra que nós podemos identificar as moléculas importantes nos processos de vida”, disse Swain. Os astrônomos podem, a partir de agora, comparar as duas atmosferas de ambos os planetas, pelas diferenças e similaridades. Por exemplo: as quantidades de água e dióxido de carbono relativas a ambos os planetas são similares, mas o planeta HD 209458b mostra ter metano em abundância, quando comparado com o HD 189733b. “A alta abundância de metano está nos dizendo alguma coisa”, disse Swain. “Pode significar que houve algo especial sobre a formação deste planeta.”

Fonte: Folha Online

Autor: - Categoria(s): ciência, cosmologia, universo Tags:
08/10/2009 - 12:57

Chupacabra: Mítica fera sugadora de sangue descoberta no Texas

Compartilhe: Twitter

Dois homens no Texas acreditam ter descoberto o corpo de um “Chupacabra” – fera mítica que suga todo o sangue de suas vítimas.

Lynn Butler, um taxidermista, diz que encontrou o corpo da criatura em uma granja há três meses atrás, na manhã seguinte a qual um predador foi ouvido causando tumulto no viveiro de aves.

Enquanto seu corpo desprovido de pêlos, seu couro e seu focinho pontudo lembram o de um cachorro com severa sarna, outros especialistas em animais que inspecionaram o corpo sugeriram que poderia ser um “Chupacabra”, um predador que apareceu pela primeira vez em Porto Rico em 1995.

Embora descrições de “Chupacabras” sejam bastante divergentes – variam entre comparações com roedores, lagartos e até ursos pequenos – elas tendem a ser caracterizadas por proeminentes caninos, como os vistos no espécime do sr. Butler.

Avistamentos suspeitos foram reportados através das Américas e até bem longe como na Rússia, mas os cientistas classificam os animais como sendo lendas modernas.

Jerry Ayer, um amigo do sr. Butler e colega de trabalho, agora tem a posse do corpo e diz que planeja empalhá-lo e montá-lo para exibição em público.

“Para ser honesto, Eu não sei o que é isto. Eu diria que é provavelmente um coiote-aberração-da-natureza, ou uma linhagem híbrida com mutação genética”, ele disse ao “Los Angeles Times”

“Ele apresenta uma pequena pelagem nas patas. Quase como meias de pêlo. E há um pouco de pêlo em sua espinha superior. Muito estranho”, ele completa. “A falta de pêlos é sinistra porque você pode ver ossos protuberantes na cintura.”

“As pessoas dizem que é uma fera mítica e Eu tenho uma. Eu a chamarei de “Chupacabra” porque as pessoas adoram, mas Eu não sei o que é isso.”

O sr. Ayer diz que não quer ser visto como excêntrico, mas diz que o grande interesse despertado pela descoberta aumentou a visibilidade de seu negócio, a “Escola de Taxidermia Blanco”.

A última sensação da criptozoologia a atrair atenção internacional foi o anúncio de dois residentes da Geórgia que disseram ter descoberto o corpo de um “Pé Grande” no ano passado. Eles posteriormente confessaram que o corpo era apenas um traje de gorila feito de borracha. Matéria que você pode ler clicando aqui.

Fonte: Telegraph.co.uk

Autor: - Categoria(s): criptozoologia, foto Tags: ,
24/09/2009 - 08:00

Exército do Irã abate estranha aeronave luminosa

Compartilhe: Twitter

O Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica (IRGC) abateu um objeto luminoso não identificado depois de avistá-lo nos céus das águas do Golfo Pérsico.

“Objetos luminosos foram vistos sobre o Golfo Pérsico. A Defesa Aérea rastreou e alvejou um dos objetos com sucesso, forçando-o a afundar no Mar da Província de Boushehr”, disse o comandante regional e Brigadeiro Ali Razmjou.

“Os três objetos brilhantes foram detectados por nossos radares quando voavam sobre as ilhas de Khark e Khargou”, ele completa, de acordo com uma reportagem postada na segunda-feira no IRNA.

O Brig. Razmjou explicou que quando os radares indicaram que eles não eram aeronaves Iranianas, o IRGC disparou nos três objetos. Ele também disse que os destroços dos objetos alvejados ainda não foram encontrados.

A hora e locação exatas do avistamento e do local de abate das estranhas aeronaves ainda não foram reveladas.


Imagem de satélite da região das ilhas Khark e Kharkou
no Golfo Pérsico, onde os objetos foram avistados

Fonte: Press TV

Autor: - Categoria(s): avistamento, bola de luz, OVNI Tags: ,
17/09/2009 - 14:24

Um "E.T." morto no Panamá?

Compartilhe: Twitter

‘ET’ foi morto por adolescentes entre 14 e 16 anos em Cerro Azul. Pesquisadores investigam criatura, não catalogada como animal.

Uma estranha criatura intriga a população de uma cidade do Panamá. Morto por quatro adolescentes em um lago de Cerro Azul, o ser não identificado é apontado como extraterrestre, mas pode ser apenas um animal ainda não catalogado pelos biólogos ou com problemas de formação.

Segundo jornais panamenhos, quatro adolescentes entre 14 e 16 anos estavam em torno do lago, no sábado (12), quando viram uma criatura bizarra saindo de uma gruta. Assustados com sua aparência e com medo de serem atacados, os jovens atiraram pedras até matá-la e a jogaram na água.


Pesquisador diz que características da criatura são “muito peculiares”. (Foto: Reprodução/Telemetro.com)

A notícia logo se espalhou pela cidade. Retirada do lago, a criatura foi apontada como um ET por moradores da região e pela imprensa local. Outros a descreveram como o personagem “Gollum”, da trilogia “O senhor dos anéis”. 

Ouvido pela rede de jornalismo Telemetro, o especialista em vida silvestre do órgão nacional de meio ambiente Melquiades Ramos disse que o caso está sendo investigado e que as características da criatura são “muito peculiares”.

Nesta terça-feira (15), foi encontrado no local um animal sem cabeça, que seria um bicho-preguiça. Ainda não se sabe se há alguma relação com o caso do ser encontrado no fim de semana.

Nota do blog: Ao que tudo indica a pobre criatura parece ser mesmo apenas um bicho-preguiça em estado de decomposição, como se pode perceber ao observar o detalhe de suas garras. Caso bem parecido com o do “monstro” na praia de Montauk, Nova Iorque em 2008.

Fontes:  Telemetro.com
The Telegraph.co.uk
G1 Planeta Bizarro

Autor: - Categoria(s): criptozoologia, foto, reportagem Tags: ,
09/09/2009 - 16:00

OVNI filmado por 40 minutos por cientistas Chineses

Compartilhe: Twitter

OVNI foi filmado durante eclipse solar em 22 de Julho (atualizado – 17/09)

Será que finalmente esta é a prova de que não estamos sozinhos?

Cientistas do Observatório Purple Mountain em Nanjing, China, acreditam que há uma real possibilidade que esta filmagem de um OVNI seja a evidência que todos estavam esperando.

Eles confirmaram que os 40 minutos de vídeo do objeto foram capturados durante o eclipse solar do verão, e já começaram suas pesquisas e investigações para descobrir o que é o objeto.

Os cientistas não foram os únicos a capturarem em vídeo o objeto em forma de disco.

O claro avistamento diurno ocorreu sobre Deqing na província de Guangdong. Dúzias de estudantes disseram ter visto o objeto navegando pelo ar durante uma observação do eclipse solar em 22 de Julho. Pelo menos 9 estudantes também o fotografaram.

O OVNI também variou sua forma e cor, os estudantes disseram que inicialmente o objeto apresentava um brilho azul mas que depois escureceu.

A agência de notícias chinesa “Sina.com” reportou as declarações dadas pelo Observatório Purple Mountain e pela Academia de Ciências Chinesa:

“A China descobriu perto ao Sol, pelo pessoal de observação, um objeto não-identificado. Sua natureza física ainda deverá ser estudada. Uma força de trabalho está sendo organizada para estudar estes dados, completar a análise e revelar os resultados científicos. Isto deverá demorar pelo menos um ano para ser finalizado. O colega Ji Hai-sheng da Academia de Ciências Chinesa disse que no presente é impossível especular sobre o que é o objeto não-identificado. Entretanto a pesquisa já começou.”

A comunidade ufológica mundial já está esperando ansiosa pelos resultados que virão.

Mais informações sobre o avistamento na China no “B.O. #XXX”

Fonte: Daily Mail

Atualização – 17/09/2009:

O site “Ceticismo Aberto” publicou uma matéria (traduzida da original do China Daily) onde aponta que o objeto visto pelos cientistas NÃO É O MESMO OVNI visto e fotografado pelos estudantes durante o eclipse solar de 22 de Julho.

“O cientista que supostamente viu o OVNI diz: ‘essas notícias são falsas. Eu disse ‘um objeto não identificado’, não ‘um objeto voador não identificado’. Ji Haisheng, diretor do Observatório de Purple Mountain pronuncia cada palavra cuidadosamente para esclarecer que não deu nenhuma declaração a respeito de ter visto um OVNI durante o eclipse solar de 22 de julho observado na China. … Ji diz que não sabe como sua explicação sobre um ponto brilhante próximo do Sol, muito provavelmente resultado de atividade da corona solar durante o eclipse total, foi mal-entendida. ‘Obviamente, houve enganos’, Ji disse ao China Daily”.

O ponto azulado avistado pelos cientistas provavelmente se trata de ejeção de massa coronal do Sol

Clique aqui para ler a matéria do Ceticismo Aberto

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, ciência, Disco Voador, filmagem, foto, OVNI, reportagem Tags: ,
27/08/2009 - 18:13

Avistamentos em massa na China

Compartilhe: Twitter

Por volta das 22:00hs em 23 de Agosto, um OVNI apareceu no céu sobre Beibei Binjiang em Chongqing. O OVNI tinha o formato de “V” e suas cores mudavam em sequência de vermelho, azul, verde, amarelo e branco em curtos intervalos. Centenas de pessoas assistiram ao espetáculo, mas nenhuma ouviu nenhum som produzido por motores ou equipamento de propulsão.

Durante a meia-hora em que o OVNI apareceu, uma aeronave civil passou por ele. Testemunhas compararam as altitudes do avião e do OVNI e constataram que o OVNI sobrevoava em maior altitude.

Após sobrevoar por meia-hora, as bordas do OVNI começaram a cintilar e ele desapareceu no céu noturno.

Fonte: Red Net

Várias pessoas disseram ter visto objetos voadores não identificados (OVNIs) nos céus da província de Shandong, no leste da China, informou nesta terça o jornal China Daily.

Os objetos, luminosos e com a forma de um prato, foram vistos nas localidades de Binzhou e Shouguang, situadas a aproximadamente cem quilômetros uma da outra.

Esta foi uma das poucas vezes em que a imprensa oficial publicou notícias e fotos sobre supostos OVNIs, embora, em maio, o Diário do Povo, porta-voz do Partido Comunista da China (PCCh), também tenha relatado um fato similar.

Pesquisas publicadas em 2003 pela não governamental Sociedade de Ufologia da China revelaram que um em cada cinco casos de contato visual com OVNIs no mundo acontece em território chinês, onde metade da população acredita na existência de discos voadores.

Fonte: Terra Notícias

Autor: - Categoria(s): avistamento em massa, foto, OVNI, reportagem Tags: ,
Voltar ao topo