Publicidade

Publicidade

17/07/2009 - 08:00

O "Cocar de Quetzlcoatl" e os misteriosos "Loiros Gigantes"

Compartilhe: Twitter

Sargento de polícia reporta o avistamento de três “gigantes loiros” em recente crop circle em Silbury Hill, Inglaterra.

“O policial disse que os homens gigantes se moviam muito rápido, como quando você acelera um vídeo no DVD em alta velocidade”
– Andy Russell, Investigador

Esta locação é conhecida por acontecimentos bizarros.

Esta é a mesma locação onde em 23 de maio de 1994, quatro investigadores (incluindo um físico nuclear) visitando um crop circle, testemunharam uma intensa atividade militar momentos antes de experimentarem um ‘tempo perdido’ de 45 minutos. Eles apresentaram marcas vermelhas em seus pescoços e severos sangramentos no nariz horas depois. Também é o lugar onde se deu uma operação militar secreta em 1990. Foi sobre aqueles campos que o Exército filmou um “Orb” enorme e não identificado até hoje.

Três dias após o aparecimento de um crop circle nomeado de “Cocar de Quetzalcoatl”, em referência ao Deus dos Maias, Astecas e Toltecas, um sargento de polícia que não deseja ser identificado afirma que estava dirigindo na estrada “Roman Road” quando viu três figuras perto da formação. Em princípio pensou se tratar de oficiais legistas porque eles estavam vestidos com sobretudos brancos com capuzes abaixados sobre as costas. Ele parou seu carro e se aproximou do campo.

As figuras tinham ‘bem mais’ de 6 pés (1.8 mts) de altura e cabelos loiros. Eles pareciam inspecionar a plantação. Quando chegou à borda do campo, ele ouviu o que acredita ser um som similar a eletricidade estática. O barulho crepitante parecia correr através do campo e a plantação parecia se mover suavemente como se acompanhasse o movimento do som. Ele sentiu os pêlos em seus braços e pescoço se eriçarem. Ele gritou para as figuras que primeiramente o ignoraram, nem olhando para ele. Quando ele tentou entrar no campo, eles o viram e começaram a correr. Ele disse que eles “corriam mais rápido do que qualquer homem que Eu tenha visto. Eu não sou lerdo, mas eles se moviam muito rápido. Eu desviei o olhar por um segundo e quando olhei novamente eles já haviam desaparecido. Eu fiquei então com medo. O barulho ainda estava ali, mas eu me senti ameaçado e corri para o carro. Pelo resto do dia Eu tive uma dor de cabeça fortíssima que não passava de jeito nenhum.”

O “Cocar de Quetzlcoatl” tem cerca de 350 pés (115 mts) de diâmetro e foi descoberto em 5 de julho de 2009, por volta das 04:30 hs por uma equipe de documentaristas que acampava no topo do milenar e místico morro de Silbury Hill. (acima da foto)

—-

Nota do blog: Por apresentarem algumas similaridades este caso me lembrou de outro, ocorrido na Polônia em 2003, que eu traduzi há mais de 2 anos atrás e pode ser lido clicando aqui

Fonte: Colin Andrews Research

Autor: - Categoria(s): avistamento, crop circle, vida extraterrestre inteligente Tags: ,
15/05/2008 - 20:40

Grã-Bretanha abre arquivos secretos sobre OVNIs

Compartilhe: Twitter

O governo britânico começou a liberar para o público seus arquivos secretos sobre aparições de OVNIs.

Os primeiros oito arquivos, que podem ser baixados do site dos Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha, cobrem os anos de 1978 a 1987 e trazem inúmeras gravuras e relatos de pessoas que dizem ter visto ou tido contato com objetos e seres extraterrestres.

O Ministério da Defesa espera liberar todos os documentos, cerca de 200 no total, nos próximos quatro anos.

Um dos arquivos relata a experiência de um homem que contou em detalhes os encontros que teve com “homenzinhos verdes” desde criança.

Ele afirma que um deles, chamado Algar, foi morto em 1981 por uma outra raça de extraterrestres quando estava prestes a fazer contato com o governo britânico.

Outra testemunha jurou ter visto um disco voador pairando sobre a ponte de Waterloo, em pleno centro de Londres.

Um dos documentos ainda traz o depoimento de um homem de 78 anos que contou ter conhecido seres extraterrestres no condado de Hampshire, em 1983. Ele contou ter entrado no disco voador e conversado com eles.

Ao descobrirem sua idade, os E.Ts teriam lhe dito: “Pode ir, você é velho demais para o que a gente precisa”.


Desenho feito por homem de 78 anos, que disse ter entrado no disco e conversado com ETs

Coisas estranhas

Apesar de afirmar que “há coisas estranhas que rondam pelo céus da Grã-Bretanha”, o ministério da Defesa diz que “não há evidências de que naves extraterrestres tenham pousado neste planeta”.

De acordo com o especialista em assuntos de segurança da BBC Oliver Conway, o governo sempre deu atenção a qualquer relato sobre objetos voadores não identificados por questões de segurança.

Desde 1950, o ministério da Defesa acredita ter recebido relatos de cerca de 11 mil aparições.

Muitas delas, diz o governo, são na verdade queima de lixos espaciais quando entram na atmosfera, estranhas formações de nuvens e balões meteorológicos.

Os investigadores ainda notaram que o número de aparições dobrou em 1977 depois do lançamento do filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de Steven Spielberg.

Clique para acessar o site dos Arquivos Nacionais do Governo Britânico (PDF em Inglês)

Clique para acessar os arquivos de OVNIs no site do M.O.D (PDF em Inglês)

Fonte: BBC Brasil.com

Autoridades incapazes de explicar 10% dos casos de OVNIs

Não foi por falta de procurar, mas o que é facto é que as autoridades britânicas foram incapazes de justificar 10% dos avistamentos de objectos voadores não identificados (OVNI) em várias partes do Reino Unido.

Estes e outros dados constam dos documentos, agora disponibilizados pelo Arquivo Nacional britânico, referentes aos anos de 1978 a 1987, onde é possível encontrar relatos à altura dos Arquivos Secretos.

É o caso do avistamento de uma suposta nave espacial em Wallasey, centro de Inglaterra ou da identificação de um OVNI sobre a ponte de Waterloo, em plena capital inglesa.

«Os avistamentos são, muito provavelmente, uma má identificação de luzes de aeronaves e meteoritos», explicou Nick Pope, um dos funcionários do Ministério da Defesa encarregue da investigação deste tipo de situação.

E mesmo não tendo sido encontrados vestígios de quaisquer homenzinhos verdes, casos existiram de situação difíceis de explicar.

Como o de um homem que explicou, com todos os detalhes, os «contactos físicos e psíquicos» que manteve com extraterrestres desde tenra idade. Referiu o indivíduo que um dos ETs, a quem chamava de Algar, foi morto em 1981, quando se preparava para contactar o governo de Sua Majestade.

Os documentos estão, segundo a Lei de Liberdade de Informação, disponíveis para consulta pública.

Fonte: Destak Portugal

Autor: - Categoria(s): avistamento, contato imediato, Disco Voador, vida extraterrestre inteligente Tags: ,
Voltar ao topo